segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Oscar 2009 - Comentários

Ok, posso estar sendo o único a entrar na correnteza dos negativistas ou até céticos por demais, mas tenho de confessar. A cerimônia do Oscar foi, para mim, frustrante, cansativa, chata e acima de tudo sonolenta. Talvez mais pela total previsibilidade nas categorias, nenhuma surpresa (nem mesmo Foreing para ´´Departures``, do Japão), ou talvez pela ausência de momentos e discursos emocionantes (nem o de Ledger foi como eu esperava), Penn e Winslet foram os melhores neste quesito. Com uma abertura empolgante e criativa, me animei ferverosamente e veio uma surpresa tão boa quanto ruim no anúncio da primeira categoria da noite. Ok, ok... foi bem legal a idéia de 5 ganhadores do prêmio anteriormente anunciarem o vencedor deste ano, bem inovador, na procura de atrair público. Mas sei lá, me acostumei tanto com o tradicional (vencedor do ano passado + clipe dos indicados) que não gostei do novo método (que não será duradouro obviamente). Muitos ali nem conheciam ao certo o ator no qual reverenciavam (o Alan Arkin soltando: ´´Seymour Philip Hoffman``... kkkk). E em culpa deste estilo que durava quase 10 minutos por cada categoria de atuação, muitas outras técnicas foram prejudicadas e diria até desrespeitadas. Will Smith apresentando 4 ou 5 prêmios (realmente perdi a conta) de uma só vez foi ridículo. Não gostei nem um pouco também do Michael Giacinno, após a vitória de vários profissionais surgia uma música de fundo tão brega e em nada combinando com o momento, basta ver o prêmio de Ledger e tirar a conclusão. Ao menos se a cerimônia foi ruim, a mais chata que já assisti (confiro o Oscar ao vivo apenas desde 2003), os premiados foram no geral todos super merecidos.

Quem Quer Ser um Milionário? como era de se esperar foi o grande vencedor da noite, levando nada menos que 8 estatuetas, além da dobradinha filme e diretor (Danny Boyle), consagrando-se em roteiro adaptado, edição, fotografia, mixagem de som, trilha sonora e canção original. Com 8 Oscars o longa faz história e une-se a um seleto grupo de longas com o mesmo número de prêmios (7 no total), incluindo um dos melhores filmes da história do cinema ´´Sindicato de Ladrões```, de Elia Kazan, e no ano anterior a este clássico outro idem clássico também levou 8 prêmios; ´´À Um Passo da Eternidade``, de Fred Zineman. Cuidado! Não estou querendo comparar Slumdog a estes, nunca, jamais, e embora ´´Slumdog Millionaire``, assim como os clássicos citados, tenha recebido cotação máxima da minha parte, aqueles estão num patamar bem acima. Enfim, feliz pelo reconhecimento à obra-prima do ano, o melhor verdadeiramente.

Sean Penn foi até o fim na batalha com seu amigo Rourke e saiu vencedor, um prêmio merecidissimo para um dos melhores de sua geração (junto com Day-Lewis são os melhores, não lembro de outro) embora minha torcida fosse Mickey. Finalmente Kate Winslet levou seu tão cobiçado Oscar, como todos esperavam. Penélope Cruz junta-se ao seu namoradinho ou ex Javier Bardem como os únicos espanhóis a ganharem Oscar em categorias de atuação.



Heath Ledger ganhou? Nossa... a maior surpresa da noite! rsrs O prêmio mais gratificante e merecido do ano. Embora eu esperasse mais por parte do discurso da família, eles foram cordiais e manteram a linha, honrando seu ente querido. Vimos alguns atores deixarem escapar lágrimas de seus olhos. E quem diz que ele só ganhou por estar morto, mostre-me uma atuação neste ano (masculina ou feminina, leading ou supporting) superior ao seu Coringa. Exatamente, não há.


Departures foi a surpresinha da noite. O último Oscar do Japão foi em 1955 com ´´As Portas do Inferno``, de Teinosuke Kinugasa. Antes disso o célebre Akira Kurosawa havia levado duas vezes e o fez novamente em 1976 por ´´Dersu Uzala``, mas este sendo uma produção soviética. E nem foi lá uma grande surpresa, já que esta categoria vem se mostrando bastante imprevisível a todo ano.



Wall-E não levou nenhuma das outras que disputava, mas glorificou-se na mais importante, a Pixar prova ser um monstro no Oscar e leva mais uma num dos seus melhores frutos. O Curioso Caso de Benjamin Button foi um dos grandes perdedores, como já era de se esperar. 13 indicações e apenas 3 vencidas: direção de arte, maquiagem e efeitos especiais. Assim como Batman - O Cavaleiro das Trevas, que além de Ledger levou apenas na categoria de edição de som.


Lista completa dos vencedores aqui.

E que venha 2010. Em breve postarei possíveis concorrentes à premiação do próximo ano, que por mais cedo que possa parecer, estes são na verdade alguns dos filmes mais esperados de 2009. Ah e se preparem para o retorno do Blog dos Cinéfilos Awards 2009!!!

16 comentários:

Weiner disse...

Puxa vida! Eu assisto Oscar desde 1998 (ou seja, 11 anos) e acredito que esta edição foi a melhor de todas. Apesar dos prêmios previsíveis, eu digo: ainda bem que foram. Imagina só a Kate perder o Oscar pra Melissa Leo? Ou a Cruz perdr pra Marisa Tomei? Ou ainda "Slumdog Millionaire" perder pro chato-superestimado-incompreensível-filmedeestúdio "O Curioso Caso de Benjamin Button"?
Graças a Deus foram previsíveis, ao menos fizeram justiça.

Um abraço!

Kamila disse...

Eu vou discordar totalmente de você, Sérgio. Desde 2003 que eu não assistia a uma cerimônia do Oscar tão interessante, tão ágil, tão perfeita. A noite pode ter sido óbvia no que diz respeito às premiações. Porém, foi uma festa emocionante, em que os vencedores estavam particularmente inspirados, porque os discursos foram alguns dos pontos altos da noite. Adorei as mudanças propostas pelos produtores e espero que aquele negócio de chamar vencedores prévios das categorias de atuação para fazer comentários pessoais sobre as performances de cada indicado vire uma tradição do prêmio.

Yuri Dias disse...

Sérgio, vou ser o terceiro a discordar de você. Achei a cerimônia muuito boa, infinitamente melhor do que as anteriores (principalmente as mais recentes), foi ágil, divertida, foi um programa para se curtir, que te entretem. E quanto aos vencedores serem previsíveis, era inevitável, mas a festa, a cerimônia, em si, foi excelente.

Salve Bill Condon e espero que a fórmula continue nos próximos anos (o que acredito já que a audiência aumentou 13%).

Hugo disse...

Eu adoro cinema, mas não tenho muita paciência para assistir entrega de premiações, acho que sou meio maluco...rs

Os resultados foram bem previsíveis, mas o caso de Ledger por exemplo, seria impossível tirar o prêmio dele, sua performance foi fantástica.

Abraço

• Cleber! disse...

Não foi só você Sergio, eu achei chatissima, a não ser como apresentaram o premio de atuação que foi lindo !
De resto !

Vinícius P. disse...

Já eu gostei muito desse Oscar, foi a melhor edição de todas que já vi. O estilo tradicional da cerimônias anteriores já estava muito cansativo, ano passado foi quase um desastre de tão careta... Nota 10 para os produtores, espero que no próximo ano seja tão bom quanto.

Denis Torres disse...

Sergio, as mudanças foram legais, talvez algumas delas não vão mesmo durar para a próxima edição. Porém, os caras tentaram fazer algo diferente, o que já merece aplauso. Talvez vc esperasse algumas surpresas e a total previsibilidade dos prêmios estragou isso. Abs.

Sérgio Déda disse...

Weiner... sei que eu sou o excluído, mas td bem... sei laá... ver 4 ou 5 prêmios sendo entregues de uma só vez pelo mesmo apresentador é ofensivo aos premiados. Mas ainda bem que Slumdog ganhou mesmo, meu super preferido.

Kamila... então... eu sei q sou um dos únicos, talvez por ter me acostumado tanto com o tradicional.

Yuri... a melhor que já assisti foi a de 2007... talvez pq Scorsese tenha ganho (meu diretor favorito) e tb pela disputa emocionante entre 3 filmes até o final pelo principal prêmio, dando meu favorito novamente. Este ano foi mt previsível, mas foi bom já que Slumdog e todos os outros consagrados foram bem merecidos.

Hugo... não sou desse tipo hehee, simplesmente não me animei com esta noite em particular.

Cléber... acho que somos só nós dois! hauahau

Vinícius... talvez caso seja igual ano que vem eu já esteja mais preparado e aprecie mais.

Denis... que eles merecem aplausos por tentarem algo novo merecem sim!

Ibertson Medeiros disse...

Também estou no rol dos negativistas quanto à cerimônia hehehehe
Outro ator que cito para entrar no grupo de Sean Penn e Daniel Day Lewis seria Phillip Seuymour Hoffma. O cara é foda.
Tudo muito previsível e fui só eu que não gostei muito da apresentação de Hugh Jackman? Tudo era desculpa para ele sair dançando.

Museu do Cinema disse...

Gostei da festa, acho que as mudanças foram para o bem, deu mais ânimo a festa!

Obra-prima para Slumdog? Nossa! Demais!

Wally disse...

Tirando a parte das canções originais AMEI tudo nesta cerimônia, achei muito, muito, muito bem feito. E, apesar de previsível, não me cansou.

Ciao!

Sérgio Déda disse...

Ibertson... mais um pra me acompanhar hehehe.

Cassiano... sim, considero sim... hehehe

Wally... esqueci de comentar sobre a parte das canções mesmo, mas eu não dei a miníma pra esta categoria, após ver que Bruce Springsteen estava fora... resolvi ignorar.

Vulgo Dudu disse...

Mão é estranho ver Hollywood, tão egocêntrica, premiando um filme que faz referências à Bollywood? Justo, mas estranho...

Abs!

EE Cônego Barros - Escola da Família disse...

Eu assisti a cerimônia do OSCAR e gostei, apesar de tudo uma bela cerimônia, o que mais fiquei desapontado é que anteriormente já havia assistido a todos os filmes das principais categorias em DIVX e posso deixar meu ponto de vista é a respeito do grande vencedor da noite Quem Quer Ser Um Milionário?, discordando da quantidade exorbitante de prêmios para esse filme que diga-se de passagem não é uma história tão boa assim. Na minha opinião existem dezenas de filmes nacionais iguais ou melhores que ele, concordando somente com alguns prêmios, pra mim Benjamin Button e até O Leitor tem uma história mais inédita e agradável do que "o grande vencedor" bom gosto não se discute, mais o que posso afirmar é que foi menos "justo" do que a Cerimônia do ano passado quando os grandes vencedores foram: Onde Os Fracos Não Tem Vez e Sangue Negro muito superiores que os dois grandes indicados de 2009.
Um abraço à todos, parabéns pelo blog

Anônimo disse...

Não vou falar sobre o oscar deste ano. Mas tbemn não consigo deixar de comentar sobre o filme que levou mais estatuetas e que também assisti.Por favor, que historinha chata, tipo jogo do milhão de silvio santos, ou qual é a música, seja o que for, minha opinião é que a india está na moda e quem os elegeu não entendem nada de história, fotografia, atores e tudo mais. O caso Benjamin é marcante, trata-se de um preconceito imenso para aqueles que nasciam com defeitos físicos, uma sociedade injusta e que só pessoas com grandesa de espírito alcançariam o gesto de amor em criar uma criançã assim.Não foi merecido!!!! Brad Pitt está bárbaro!

Anônimo disse...

Não vou falar sobre o oscar deste ano. Mas tbemn não consigo deixar de comentar sobre o filme que levou mais estatuetas e que também assisti.Por favor, que historinha chata, tipo jogo do milhão de silvio santos, ou qual é a música, seja o que for, minha opinião é que a india está na moda e quem os elegeu não entendem nada de história, fotografia, atores e tudo mais. O caso Benjamin é marcante, trata-se de um preconceito imenso para aqueles que nasciam com defeitos físicos, uma sociedade injusta e que só pessoas com grandesa de espírito alcançariam o gesto de amor em criar uma criançã assim.Não foi merecido!!!! Brad Pitt está bárbaro!