sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

BDC Awards - Melhor Som e Edição de Som

E começam a sair os vencedores do Blog dos Cinéfilos Awards 2009! Desde já parabéns a todos os consagrados! rsrrs.

Melhor Som
and the BDC goes to...


Vencedor: Batman - O Cavaleiro das Trevas: num filme de aspectos visuais e técnicos absolutamente retoquados e de ótimo encaixe na trama do longa, a qualidade sonora de O Cavaleiro das Trevas soa como perfeita nos mais diversos momentos, em destaque para as essenciais e indispensáveis sequências de ação, que por muitas vezes ditam o ritmo do longa. Sempre assumindo uma posição importante e autoritária o Som de Batman serve para manter o tom exaustivo do longa, não só nas cenas de ação em que se mostra altamente destruidor e realista, mas também em cenas onde extrai o psicológico do espectador, como por exemplo na cena do interrogatório. Reparem como começa com um aspecto apenas relaxante e trabalha-se no eco da voz dos personagens, mas quando Batmam e Coringa começam a ter seu famoso dialógo, o som muda e aumenta graditivamente, acompanhado o mesmo ritmo e unindo-se à trilha sonora, completando-a nos mais exatos momentos.

Demais indicados (por ordem de preferência):


2° Onde os Fracos Não Têm Vez: a qualidade sonora de No Country for Old Man figura como um personagem a parte do longa, assumindo um papel de extrema importância ao suspense faroeste que o longa enfatiza de maneira assustadora.





3° Homem de Ferro: filme com boa trama e uma aventura de qualidade, com boas doses de ação, ajudado pela edição de som do longa que passa a certa e presica adrenalina necessária.





4° Wall-e: as animações da Pixar vêm dando show nas demais qualidades visuais, e isto acontece com Wall-e no quesito sonoro. O realismo aqui é incrível.






5° 007 - Quantum of Solace: mesmo não sendo um grande longa e muito inferior ao seu sucessor, a qualidade sonora continuou a mesma e como em filmes como este barulho é essencial, James Bond tem de sobra.





Melhor Edição ou Mixagem de Som
and the BDC goes to...


Vencedor: Onde os Fracos Não Têm Vez: como já fora dito anteriormente, a qualidade sonora deste longa acaba virando mais um personagem do filme, e é aqui na sua edição ou mixagem se preferirem que ela atinge seu ápice. Dotada de um realismo impressionante a edição de som é fundamental para todo o acompanhamento do filme, pois é ela que muitas vezes garante o suspense angustiante e sem fim da trama. Realista e perfeccionista este componente da obra possibilita um retrato fiel do que realmente estava acontecendo, o som da arma de Anton Ciguhr atirando e carregando são tão crúeis e assustadores quanto seus passos perfeitamente sincronizados, e até quando sentimos os dois personagens se aproximarem um do outro, no jogo de gato e rato parece que o próprio Cigurh se aproxima de nós espectadores tamanha realista fora o trabalho sonoro. Acima de tudo este aspecto é um dos principais elementos que ajudam a passar a tensão infinita do grande filme dos irmãos Coens.

Demais Indicados (por ordem de preferência):

2° Wall-e: a mixagem de Wall-e consegue ser ainda superior ao quesito abordado na categoria anterior, por alguns motivos, dentre eles sincronização e realismo que são perfeitamente escaladados por aqui em todas as cenas, algo absolutamente necessário.






3° Rede de Mentiras: o bom filme de Ridley Scott conta com um aspecto, que mesmo não trazendo nada de inovador, passa a certa sensação nos momentos mais empolgantes do filme, principalmente nas bem realizadas cenas de ação.





4° Batman - O Cavaleiro das Trevas: servindo de suporte para a sua função anterior, a mixagem de TDK seque o padrão e mantém a realidade sonora precisa, em destaque para algumas cenas como o som da capa do Batman batendo contra o vento.





5° Os Indomáveis: faroeste que se preze não pode falhar aqui, e o ótimo 3:10 to Yuma além de ser um bom filme, cumpre seu papel com uma mixagem invejável.






Nota: O prazo de entrega dos votos ao Prêmio do Júri foi prolongado e termina no dia 28/01/09. Enviar a lista para serginhocsp@hotmail.com. Listar 5 filmes nas categorias Filme, Filme Estrangeiro e Filme Nacional e apenas 3 em Animação. Todos em ordem de preferência. Envie sua própria seleção do ano, independende dos meus indicados. Esse lembrete será notificado em toda postagem referente à premiação.

9 comentários:

Vinícius P. disse...

Acho que "Batman" e "Onde os Fracos Não Têm Vez" são imbatíveis mesmo nesses quesitos de som em 2008. Ambos trabalham muito bem tanto a edição como a mixagem e, afinal, o som é um aspecto fundamental para ambos. "WALL-E" também é notável nesse aspecto.

Marcel Gois disse...

Ótimas escolhas. Dois trabalhos extremamente cuidadosos.. E sobre a lista, eu ainda quero assistir pelo menos 1 filme brasileiro para pô na minha lista, tenho 4 só. Eu não vi Linha de Passe ainda, nem Onibus 174, qual vc acha que eu vou gostar mais? kkkkkkk

Sérgio Déda disse...

Vinícius... realmente acho que foram os melhores do ano neste aspecto.

Marcel... Linha de Passe definitivamente é melhor hehehe... embora Última Parada 174 seja até um bom filme, Linha de Passe é muito superior.

Wally disse...

Adorei os indicados abaixo! Quando às duas categorias, eu separo em Mixagem de Som e Edição de Som na minha premiação e dos meus indicados temos em comum Batman, Wall-E, Onde os Fracos Não Tem Vez, Os Indomáveis e Homem de Ferro. E ainda tem Speed Racer e Sangue Negro. ;)

Ciao!

Kau disse...

Sérgio, gosto bastante dos seus vencedores. Mas realmente acho que a Mixagem de Batman é melhor que a de Onde os Fracos. Na verdade, se fossemos considerar as estréias americanas, acredito que eu Mixagem e Edição de Som para O Dia Em que a Terra Parou. Filme clichê, mas com um som extraordinário!

Mando os votos até quarta-feira!

Abraços.

Pedro Henrique disse...

"Onde os Fracos Não Têm Vez" é melhor nas duas categorias, na minha opinião.

Abs!

Sérgio Déda disse...

Wally... ambos Sangue Negro e Speed Racer quase entram na lista dos indicados.

Kau... aguardo seus votos!

Pedro... acho o trabalho de edição de som de TDK mais destruidor, mais barulhento e Onde os fracos nao têm vez se reproduz como um trabalho mais cuidadoso e realista, bem detalhista, destacando portanto sua irretocável mixagem. Mas ambos os longas são sensacionais nestes quesitos.

Yuri Dias disse...

Sérgio, gostei da lista dos vencedores, concordo principalmente em Som, acho que "Batman" é imbatível.

Na mixagem, votaria no Homem-Morcego de novo, apesar de "onde os fracos..." ser excelente, prefiro até Wall-E... não gostei muito de Rede de Mentiras no 3º lugar :p

splendid disse...

I think I come to the right place, because for a long time do not see such a good thing the!
jordan shoes