sábado, 4 de abril de 2009

Great Scenes #5

Opa!!! Lembram de mim? kkkkkkkk. Mais uma vez tentando retornar à ativa na atividade blogueira cinéfila, e se tudo der certo agora é para valer. Na medida do possível tentarei me informar das notícias e acontecimentos que andam ocorrendo no meio, assim como responder a Memes e selos, e também entregar o resultado final do BDC Awards 2009, já que faltam apenas as 6 categorias principais e o Prêmio do Juri. Voltando alguns dia depois do meu aniversário, e inclusive, gostaria de agradecer à homenagem feita pelo meu amigo Marcel (Talking About Movies), valeu mesmo brother!

Bom... voltando de forma amena e light, postarei um Great Scenes, numa cena de um filme que conferi recentemente. Arrependo-me profundamente e provavelmente serei crucificado por nunca tê-lo visto anteriormente. O filme é ´´Billy Eliot``, uma magnifica e exemplar obra do estilo clássico do cinema moderno. Trama triunfal e tocance, atuações fantásticas (principalmente do Jamie Bell, que merecia uma indicação ao Oscar), montagem, trilha e fotografia exuberantes em estética, e uma direção criativa e perspicaz de Stephen Daldry no seu primeiro e até agora melhor filme, aliás esta cena é o mais claro exemplo da genialidade inovadora do diretor. Talvez a mais famosa sequência do longa (dentre várias marcantes), onde vemos Billy dançando de raiva enquanto tenta se controlar inutilmente para não fazê-lo, além de engraçada é belissima. Reparem o foco utilizado por Daldry ao apostar em vários planos médios expressionistas e em constante movimento com o personagem, seguindo-o e enfocando-0. Simplesmente espetáculo, numa cena nada mais que clássica, neste que é um dos melhores filmes da década.




Título ogirinal: Billy Eliot
Ano de lançamento (Inglaterra): 2000
Direção: Stephen Daldry

20 comentários:

Kamila disse...

Eu AMO "Billy Elliott"!!!!!!!! :-)

Seja bem-vindo de volta!

Vinícius P. disse...

Eu AMO "Billy Elliot"!!!!!!!! [2]
É um daqueles filmes que vão te conquistando ao pouco, chegando à perfeição ao final. A cena de dança é sensacional!

Fabio Nascimento disse...

Nossa eu também adoro Billy Elliott! :-D

Abs,

- cleber . disse...

NINGUÉM AMA MAIS BIULLY ELLIOT que eu ! Um dos dez melhores do cinema!

Paixão ! Essa cena é demais, e como já tinha dito em um Meme no meu blog, concordo com você Sergio Jamie merecia uma indicação, em um péssimo ano da academia!


Abraço! Espero que consiga nos acompanhar!

Ygor Moretti Fiorante disse...

Opa faz bem em voltar a ativa com tudo tem q ser assim, eu tb estou tendo uns problemas pra atualizar o blog, mas vamos q vamos...

Vulgo Dudu disse...

Eu não amo Billy Eliot. Não acho ruim, de jeito nenhum. Mas daí a amar, são algumas milhas de distância...

Abs!

Red Dust disse...

Ainda bem que estás de novo nesta bela aventura cinéfila, Sérgio.

Também não posso dizer que adoro 'Billy Elliott'. Estou como o Vulgo Dudu, não é mau filme, mas daí adorá-lo vai uma enorme distância...

Abraço.

Hugo disse...

Apesar do filme não ser novo, ainda não tive a oportunidade de assistir.

Abraço

Sérgio Déda disse...

Kamila... valeu!

Vinícius... o filme é perfeito mesmo, esta cena então...

Fábio... vc não está nem um pouco sozinho hehehehe.

Cléber... não considero um dos melhores 10 filmes da história, nem 30 talvez, mas com certeza está na lista dos melhores desta década.

Ygor... é osso, eu tive diversos problemas com meu pc, mas acima de tudo com o tempo, trabalhos na faculdade e provas, já fiz 3 (até agora ótimas), mas ainda faltam duas, sendo que estas com uma semana de distância uma da outra... aih dá pra relaxar hehehe

Dudu... eu nunca pensei que fosse gostar tanto do filme, sabia que seria bom, mas não tanto...

Red... valeu!

Hugo... recomendo que assista...

Marcelo Silva disse...

Meu Deus! Everybody loves Billy Elliot!!

Eu vi o filme, duas vezes ainda, não achei ruim, mas também não gostei muito... acho que sou o único.

Alias, não acho nenhum filme do Daldry uma maravilha. O melhor dele pra mim é "Billy Elliot", porque "O Leitor" é dominado pela Kate Winslet, melhor coisa do filme, de longe e "As Horas" me lembra da piadinha de 30 Rock: "Devia se chamar As Semanas",hehehe...

Roberto F. A. Simões disse...

EU TAMBÉM. Gosto bastante deste filme, aliás Stephen Daldry é um realizador tão subtil quanto brilhante.

Cumps.

Roberto F. A. Simões
CINEROAD

Rodrigo Mendes disse...

Oi Sérgio blz? Vc que adora cinema como eu, acessa aí o blog do cinema OnLine e se puder divulgar agradeço cara.
www.alltv.com.br/cinemaonline

CINEMA ONLINE todas as quintas -feiras às 15:00hrs na allTV (www.alltv.com.br)
Vc tava sumido do blog né? Que bom que esta de volta!

Valeu

Airton disse...

opaa
axei seu blog por aee
bem legal pra começa da foto de bons companheiros

tenhu um blog de cinema e publicidade
da uma chegada la se tive afim vire um seguidor....os posts desta semana sao de um ranking q to fazendu cum os 20 melhores filmes q ja vi
da uma olhada

http://publicandobr.blogspot.com

Wally disse...

Adoro Billy Elliot. E não foi sempre asim. Ele foi crescendo conforme o fui revendo. Essa cena já é clássica.

Ciao!

mariana disse...

tipo, eu adoreeei o seu blog.
concerteza voltarei mais vezes.
será que poderia dar uma olhadinha no que eu estou voltando a fazer ?
obrigada, beijos :*
www.ograndefilme.blogspot.com

Weiner disse...

Sou apaixonado por esses passinhos Fred Astaire do Jamie Bell, e Billy Elliot é para mim um dos grandes filmes da história do cinema!
Bem vinvo de volta!

MILHA TURVA disse...

Não conheço Billy Elliott :(


Depois dê uma passada no meu blog MILHA TURVA

Amanda Aouad disse...

Olá, indiquei você no meu Blog

Ygor Moretti Fiorante disse...

Sequencia otima essa , preciso rever esse filme muito bom mesmo...

Camila Coutinho disse...

Essa é a minha cena favorita de Billy Elliot, acho que foi um dos melhores filmes da história não só porque tem uma história incrível, mas porque as performances são extraordinárias, o protagonista tem um talento incrível. Além disso, em Beleza Oculta há uma cena que também me parece uma das melhores, é quando eles estão assistindo Will Smith no Central Park, enquanto seu trabalho está pronto. Gostei do acompanhamento musical, dos arredores e das performances de todo o elenco.