domingo, 9 de novembro de 2008

Gomorra


Título original: Gomorra
Ano de lançamento (Itália): 2008
Direção: Matteo Garrone

Comparações foram feitas a clássicos memoráveis tais como ´´O Poderoso Chefão`` e ´´Os Bons Companheiros```, mas se na minha opinião ´´Gomorra`` não é párea para estas obra-primas, forças da natureza, ao menos o filme italiano consegue figurar entre os melhores filmes de máfia já feitos. E olhem que é grande o acervo de fenômenos que neste grupo seleto estão e olhem também que este é um dos meus gêneros favoritos. Este longa é um filme de máfia, mas que se sobressai dos demais feitos nos dias atuais por um certo aspecto, possui uma trama diferente e uma narrativa totalmente complexa e abrangente. Baseado no livro de mesmo nome, do autor Roberto Saviano (hoje ameaçado de morte pela máfia) o longa de Matteo Garrone procura revelar todas as camadas e faces da máfia italiana de Nápoles, esta chamada de Camorra.

Ao referir-me a todas as camadas e faces exalto a importância da narrativa deste filme. A máfia não é mostrada apenas pela história de um jovem que decide entrar no mundo do crime ou de um grande chefão que se encontra no meio de uma guerra entre famílias. Ao tentar retratar e revelar assim como o livro todas as verdadeiras facetas da máfia, o roteiro procura enfocar vários personagens principais e secundários, assim podendo estudá-la desde seu poderoso chefão até o pequeno garoto que passa a fazer pequenos serviços para o grupo. O mais interessante é que não são histórias destinadas a se cruzar, não são relações diretas entre os personagens, mas sim indiretas. O simples fato de todos contribuirem em algo para a máfia faz com que seus destinos se choquem, mesmo uns não conhecendo aos outros nem nunca os terem visto.

Uma grande obra-prima de Fellini, intitulada ´´Amacord`` procurou através de diversos personagens e tramas distintas demonstrar a sociedade italiana da época, com um humor poético impressionante e fundamental. ´´´Gomorra`` procura com seus diversos personagens e tramas distintas enfocar e analisar e máfia de Nápoles, com um tom mais violento, cruel e triste. E se o destino de seus personagens é chocante, não podia-se esperar algo diferente devido ao que fora refletido pela trama. Para manter essa narrativa rápida, repleta e seca, Garrone se utiliza de um estilo de filmagem quase que documental (similar à ´´Z``, de Costa Gravas), e também não deixa os minímos detalhes presentes no roteiro escaparem ou serem esquecidos pelo espectador. Uma direção bastante segura e inspirada, que soube retirar a tamanha naturalidade precisa dos seus atores (a maioria oriunda do teatro) além de passar um tom sombrio no longa.

Aliás esse tom é refletido na sua fotografia, escura e ao mesmo tempo fria e seca. A montagem do filme assim como a fotografia é primorosa, nunca em momento algum tornando-se confusa mesmo diante de vários personagens e histórias diferentes, além que consegue manter o aspecto documental do longa demonstrado pelo diretor. São histórias diferentes, mas na verdade idem iguais, fazem parte do mesmo ninho e com isso o diretor não explorou uma trama mais do que a outra. Todas foram igualmente retratadas e estudadas. Violento, cru e realista ´´Gomorra`` além de diferente é um dos melhores da atualidade em filmes de máfia. O Oscar de Melhor Filme Estrangeiro por hoje é da Itália. Ninguém sabe o que virá a acontecer, talvez por essa mudança na categoria se torne realmente mais difícil uma mancada do filme não ser indicado ou até ganhar. Pois sem dúvidas e sem medo de confessar, digo que é muito difícil surgir um longa superior na disputa desta categoria.

Cotação: 9.5

10 comentários:

Kau disse...

Sergio, bem-vindo ao clube dos que dão mais de 9,0 para Gomorra!! Só discordo de você em um ponto: acho que este italiano é um tantinho melhor que Os Bons Companheiros (9,0) e Cassino (8,5).

Sobre o Oscar, acho que ficará dividido entre ele e, talvez, Três Macacos.

Abraços.

Vinícius P. disse...

Ok, preciso ver esse filme o mais rápido possível, todos estão falando muito bem. Sem dúvida é um dos mais aguardados por mim.

Kamila disse...

Incrível como todas as críticas que li, nos blogs dos colegas cinéfilos, exaltam a excelente qualidade de "Gomorra". A obra está se tornando algo indispensável de se ver!

Hugo disse...

Tb já li elogios sobre este filme em vários blogs, preciso conferir.

Abraço

Sérgio Déda disse...

Kau... adorei muito mesmo Gomorra... está aí a nota, mas considero esses dois filmes do Scorsese muito melhor... dou nota 10 a estes, inclusive Os Bons Companheiros, que é junto com Laranja Mecânica e O Poderoso Chefão o melhor filme da minha vida... e sobre o Oscar pode até ficar dividido, mas acho difícil realmente pintar um longa que supere o filme italiano...

Vinícius.. tb era um dos mais aguardados por mim e não me decepcionei...

Kamila... a obra é imperdível realmente...

Hugo... os elogios não são à toa...

Wally disse...

Os elogios ao filme são contínuos. Tanto que tô ficando muito ansioso em conferi-lo. Deve ser do típo que não se esquece fácil, pelos comentários.

Ciao!

Pedro Henrique disse...

Ainda não vi, mas (Kau, hehe) duvido que seja melhor que os filmes do Scorsese.

Abraço!

Violinista do Cinema disse...

vinícius, pra mim Gomorra é um filme muito, mas muito bom, com reais chances de vencer o oscar (ou de pelo menos concorrer).
bjooooo

Ibertson Medeiros disse...

Mais um belíssimo comentário que vejo sobre esse filme. Adoro filmes de máfia e tenho tudo para gostar desse.
Em breve verei e tenho altas expectativas. Espero que não atrapalhe quando for assistir.
E parece que é o favorito para o Oscar 2009 de filme estrangeiro.

Vulgo Dudu disse...

Caramba, acabei de postar minha resenha sobre esse filme, que vi ontem! Eu não gostei tanto assim, mas acho uma produção corajosa e bem feita!

Eu acho que, comparando com outros filmes sobre a máfia, esse é completamente diferente, inclusive bastante original...

Abs!